O PRIMEIRO

SUPORTE GASTROINTESTINAL

DE CÃES
PARA CÃES

Info Procanicare

CUIDAR DE FORMA DIFERENTE

  • De cães para cães—As bactérias crescem melhor nas espécies das quais provêm.2 Procanicare™ foi especialmente desenvolvido para cães, sendo o primeiro suplemento alimentar de suporte gastrointestinal que contém bactérias “benéficas” provenientes de cães saudáveis.3
  • 3 é melhor que 1—Procanicare™ contém 3 estirpes de Lactobacillus vivos que reduzem as bactérias “más” de diferentes formas.3,4
  • Comprovado clinicamente—as bactérias presentes no Procanicare™, reduzem as bactérias "más", melhoram a consistência das fezes e promovem o crescimento das bactérias “boas” favorecendo o estado geral dos cães.1,5

QUEM PODE BENEFICIAR DA ADMINISTRAÇÃO DE PROCANICARE?

Procanicare está particularmente indicado nas seguintes situações:

Em cães que passaram por uma alteração da sua dieta ou que tomaram antibiótico, o que pode perturbar o equilíbrio da sua flora intestinal.

Cães idosos ou cães com barrigas sensíveis, uma vez que estes animais têm, normalmente, menos Lactobacillus “benéficos”.

Cães que vão viajar ou ficar alojados em canis, o que pode contribuir para "stress intestinal".

Cadelas gestantes ou em lactação, de forma a garantir uma flora intestinal saudável.

Produto

QUE QUANTIDADE DEVO DAR?

COMO ADMINISTRAR?

Polvilhe o pó diretamente sobre a comida do seu cão ou dissolva em água para beber.

PROCANICARE EM AÇÃO

Procanicare™ é um alimento complementar especialmente desenvolvido para cães, contendo 3 estirpes de Lactobacillus vivos, isolados a partir de animais saudáveis.

Sempre que necessário, Procanicare™ promove o equilíbrio da flora intestinal do cão, reduzindo as bactérias "más" e favorecendo o crescimento das bactérias "boas".

DURANTE QUANTO TEMPO DEVO DAR PROCANICARE?

Cada caso é um caso. Cada animal tem diferentes necessidades de suporte gastrointestinal, com durações e em períodos de tempo diferentes, que merecem ser avaliados individualmente. Siga sempre as indicações do seu Médico Veterinário.

Os períodos de administração recomendados:

  • 7 dias—animais com alterações na dieta, animais que vão viajar ou ficar alojados em canis.
  • 30 dias—animais com problemas gastrointestinais, que tomaram antibióticos recentemente, cadelas grávidas ou em lactação.
  • Administração prolongada—30 dias, 4 vezes por ano.

*Gravidez e lactação – até 60 dias com intervalo.

INGREDIENTES

  • Composição: Maltodextrina, Carbonato de Cálcio.
  • Aditivos tecnológicos: Lactobacillus fermentum NCIMB 41636, Lactobacillus plantarum NCIMB 41638, Lactobacillus rhamnosus NCIMB 41640 fermentado em leite pasteurizado com concentração mínima total de 3x1011 CFU/kg.
  • Constituintes analíticos: Proteína bruta 2,0 %, Gordura bruta <0,2%, Fibra bruta 1,8 %, Cinza bruta 39,6%, Cálcio 85,5 mg/g, Fósforo 1,0 mg/g, Matéria inorgânica em HCL 27,76%.

4 DICAS SOBRE COMO GUARDAR PROCANICARE

  • Recomenda-se a conservação da embalagem fechada e refrigerada (<8°C, mas sem congelar), até ao fim da validade indicada na mesma.
  • O produto pode ser armazenado à temperatura ambiente (entre 8 e 25°C) até 6 meses, pelo que, curtos períodos sem refrigeração não afetarão negativamente o produto.
  • Após abertura consumir em 3 meses.
  • Após cada utilização fechar o frasco imediatamente.

SOBRE NÓS

A HISTÓRIA DO PROCANICARE

Decorria o ano de 1997 quando nasceu o Denny, o cão da Dra Shea Beasley. O Denny era um Border Collie com um estômago muito sensível. A Dra Beasley sentiu que tinha de fazer algo para melhorar o bem estar do seu melhor amigo e outros, que como ele sofrem, com problemas gastrointestinais. Por esse motivo, concluiu o seu Doutoramento sobre Lactobacillus humanos e de origem animal, o que naturalmente levou ao desenvolvimento do Procanicare™.

Estudos

PUBLICAÇÕES DO PROCANICARE

Durante o desenvolvimento do Procanicare™, foram publicados os seguintes estudos:

  • 2006: O trato gastrointestinal de cães saudáveis é povoado por diversas estirpes de LAB, no entanto, nenhuma foi encontrada nas fezes do Danny.3
  • 2006: As estirpes de LAB no Proccanius® promovem o crescimento das bactérias “boas”.5
  • 2014: Cada estirpe de LAB no Proccanius® reduz as bactérias “más” por diferentes mecanismos.4
  • 2016: Procanicare™ bactérias Lactobacillus (Proccanius®) melhoram a consistência das fezes, promovem a melhoria do estado geral e reduzem as concentrações de bactérias do tipo Clostridium (bactérias “más”) em cães com distúrbios gastrointestinais.1

2016 estudo detalhado:

  • Após administração ao longo de 7 dias, os animais que receberam Procanicare™ melhoraram o seu estado geral quando comparados com animais a quem foi administrado um placebo.
  • Após administração ao longo de 7 dias, o grupo Procanicare™ melhorou a consistência das fezes e diminuiu a quantidade de Clostridium (bactérias “más”) quando comparados com grupo placebo.
  • A melhoria na consistência das fezes prolongou-se por mais de um mês após o período de observação, o que demonstrou que Procanicare™ ajuda a manter a microflora intestinal equilibrada.

NOTÍCIAS DE PORTUGAL

Procanicare está disponível no seu distribuidor veterinário!

É com entusiamo que comunicamos o lançamento do Procanicare no mercado português em Outubro 2020.

mostre mais

Referências:

1. Gómez-Gallego C, Junnila J, Männikkö S, et al. A canine-specific probiotic product in treating acute or intermittent diarrhea in dogs: a double-blind placebo-controlled efficacy study. Vet Microbiol. 2016;197:122–128. 2. Kumar S, Pattanaik AK, Sharma S, et al. Comparative assessment of canine-origin Lactobacillus johnsonii CPN23 and dairy-origin Lactobacillus acidophillus NCDC 15 for nutrient digestibility, faecal fermentative metabolites and selected gut health indices in dogs. J Nutr Sci. 2017;6:e38. 3. Beasley SS, Manninen TJ, Saris PE. Lactic acid bacteria isolated from canine faeces. J Appl Microbiol. 2006;101:131–138. 4. Grześkowiak Ł, Collado MC, Beasley S, Salminen S. Pathogen exclusion properties of canine probiotics are influenced by the growth media and physical treatments simulating industrial processes. J Appl Microbiol. 2014;116:1308–1314. 5. Manninen TJ, Rinkinen ML, Beasley SS, Saris PE. Alteration of the canine small-intestinal lactic acid bacterium microbiota by feeding of potential probiotics. Appl Environ Microbiol. 2006;72:6539–6543.

Este site usa cookies para analisar o tráfego do site e lembre-se de sua resposta a esta pergunta. Não usamos cookies para armazenar ou coletar dados pessoais. Você aceita cookies?